Gabriel Faria

  • Instagram
whatsapp-logo-4.png
LIVRO_GAB.png
botao-eu-quero.png

Dentre todos os desafios da vida, escrever um livro é materializar lembranças e memórias que um dia tive o medo de ficarem esquecidas no fundo da gaveta.

Momentos como este ou como os inúmeros contados no livro conheceram os finais amargos.

Lembranças, memórias, momentos têm um fim, um livro não.

Deixo minha biografia para quem conhece as inúmeras histórias inenarráveis que habitam em mim; para quem reconhece um ponto de luz em meio a tamanha escuridão.

Minha mãe sempre disse que eu era abençoado, e o meu pai, mesmo sem demonstrar seus sentimentos, me via como um grande companheiro. Minha irmã me acompanha em to- dos os meus passos e, se o meu cachorro escrevesse, ele diria que ama todos os meus carinhos.

Em 2018 – quando iniciei o livro - os mesmos amigos de hoje estavam comigo. Miguel disse que antes de entender, eu procuro sentir; o Leo insiste na ideia de que eu mergulho em piscinas rasas demais; já a Gabi me tornou na pessoa e no poeta que conheço e convivo amargamente; e o Lucas até se esqueceu de escrever algo.

20 anos e muito intenso. Já morei em três cidades e já habitei (sozinho) por mais de três corações. Com um turbilhão dentro do peito, e feliz com todos os momentos que o amor me proporcionou, até com os momentos mais tristes que res- signifiquei, e hoje chamo de poesia.

 

Gabriel Faria

WhatsApp Image 2021-08-17 at 13.46.14.jpeg

Conheça o Autor

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco